Pesquise Aqui

Main Ad

Alienação Política: o cidadão dando um tiro no próprio pé!

O Combate à Alienação Política 
O Brasil precisa mudar, principalmente, em relação ao modo como as pessoas veem e se relacionam com a Política. Analisamos  as razões da alienação política dos brasileiros, levantando questões que passam pelo descrédito, pela desconfiança e pela desesperança da população em relação à forma como a coisa pública tem sido tratada neste país, o que tem gerado no cidadão honesto, a visão de que “os políticos são todos corruptos e eu quero é manter distância deles”. Entendo que a população está cansada de escândalos financeiros, mensalões, corrupções e falcatruas de toda espécie cometidas exatamente por seus governantes. A verdade é que a população está farta de assistir aos descaminhos dos recursos públicos, advindos dos extorsivos impostos cobrados pelo Estado, e que deveriam ser empregados, com toda diligência e estratégia, em políticas públicas inclusivas, tais como a educação, a saúde e a segurança pública. 

Mas eu pergunto: O cidadão, ao afastar-se do processo político e ao abdicar-se do controle social dos agentes públicos, vai fazer com que as coisas melhorem para si e para todos? 

A atitude de conformismo, passividade e alienação do cidadão alimenta a proliferação de maus políticos. O cidadão deve ser participativo, atuante e presente na vida de sua comunidade, pois ele é peça fundamental no processo de controle social efetivo e no monitoramento da gestão da coisa pública. Advogo que as pessoas de bem, aquelas que são corretas, que são íntegras e honestas e que respeitam o direito de seus semelhantes, jamais deveriam se afastar do processo político, pois essa atitude tem fomentado a participação política de espertalhões que querem apenas viver DA política e se servirem dela, em seu próprio benefício e de seus correligionários, e não buscam viver PARA a política, portando uma vocação autêntica, o que redundaria em benefícios a todos, indistintamente. Lembro ainda que, a Ética na Política é um caminho seguro na busca do bem comum! 


A Participação na Vida Política 
O cidadão precisa estar atento a seus direitos, mas também tem o dever de ter uma presença mais efetiva na vida política do país e de exercer a sua cidadania; precisa se informar em canais corretos, antes de votar em determinado candidato, informando-se previamente, se ele realmente tem ficha limpa; precisa ser atuante na divulgação de ideias que visem o bem coletivo, por meio das redes sociais; precisa participar de encontros comunitários e de associações de bairro e na escolha dos conselheiros tutelares. Enfim, deve escolher com consciência os seus líderes locais, estaduais e nacionais; deve sempre trocar ideias com seus amigos, parentes e colegas de trabalho, ou seja, deve disseminar em seus contatos pessoais, as ilimitadas e reais possibilidades da via política para a solução de questões e problemas que interessam de fato a todos, simplesmente fazendo opção por boas escolhas. 

Nessa linha de pensamento, o cidadão precisa estar atento de que o alienado político é aquele que não quer ou se recusa a participar da vida política e a exercer de fato a sua cidadania; tem total desinteresse por todas as questões políticas; pouco se interessa em acompanhar ou investigar os atos de seus governantes e ainda confia cegamente o seu destino a alguns líderes políticos, creem em “salvadores da pátria” e em caudilhos, pois afinal, em sua visão “são eles que entendem de política, e portanto, farão o melhor para o bem de todos”. Será mesmo? 

Enfim, o alienado político não questiona e nem avalia o desempenho dos gestores públicos e entende o exercício do voto eleitoral, a cada dois anos, mais como um peso e não como um direito legítimo ou mesmo como um passaporte para mudanças e assim, não reconhece e nem valoriza a força de que realmente dispõe. Em resumo, o descrédito da população brasileira em relação aos erros cometidos no passado pelos políticos e seus respectivos partidos, cada vez mais, alimenta e aprofunda o processo de alienação política do indivíduo, ou seja, faz com que o cidadão dê um tiro no próprio pé! 

A Mudança da Atitude Pessoal 
Estimulo a todos, principalmente aos jovens e adolescentes e às pessoas de bem, a não se afastarem do processo político. Pois, a Política exercida como vocação e com honradez, irá possibilitar e estimular a participação popular, de forma livre e soberana. 

Seja um cidadão consciente e participativo. A cidadania não se expressa somente através do voto. O controle social da população sobre os agentes públicos deve ser um caminho a ser perseguido por todos. Apoie os movimentos de participação popular e também os projetos de iniciativa popular. 

 A Consciência Política do Cidadão 
A participação popular nos processos decisórios e a vigilância permanente de seus mandatários, bem como a existência de um sistema eleitoral e judiciário independentes e eficazes, são essenciais no processo de enfrentamento ou mesmo da mitigação da alienação política e no amadurecimento da democracia participativa. Enfim, tenho a firme convicção na validade e nos desdobramentos benéficos da efetiva participação do cidadão nos destinos da nação brasileira. 

Por isso, conclamo e estimulo a todos a se alistarem nesse exército, por mais desanimado e cansado que você esteja em relação a tudo que tenha vivenciado até aqui, em termos políticos. Continuo a acreditar na eficácia das atitudes individuais e na força da ação coletiva. Não deixe de fazer parte desse processo irreversível de mudanças que resultará, com certeza, em benefícios para todos os brasileiros. Fique ligado! Participe! Semeie essas ideias! 

Texto extraído do Farol Político

Postar um comentário

9 Comentários

  1. É como estão nossos vereadores, ALIENADOS ao prefeito sem poder desempenhar o verdadeiro papel de um vereador, e ainda são chamados pelo prefeito de "bombons de alho"

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc Sergio, lá Câmara tem Vereador que sinceramente eu pensei que iria ser um legislador e fiscal do povo, mas o que se houve e realmente é notório que ele já vendeu seus ideais ao prefeito a tempo; vcs querem saber quem é? o Rogério Marques.

    ResponderExcluir
  3. eu nunca me enganei com esse vereador, porque mesmo antes de ser vereador, quando ainda era presidente do sindicato, traiu os professores e se vendeu pro ex prefeito, e curió depois que comprou o besta ainda mostrava uma gravação de Rogério dando n. de sua cta para depósito.

    ResponderExcluir
  4. não se engane amigos são todos comprado pelo mensalinho, e as licitações de montagens

    ResponderExcluir
  5. hj descobrir aqui em turilandia que este blog ação turilandia tem contrato com a prefeitura e ta recebendo dinheiro do alberto isso e lamentavel

    ResponderExcluir
  6. vcs perceberam que tem comentários que estão sendo apagados vamos presta atenção nisto meu povo

    ResponderExcluir
  7. falei hj com sec marcus salgados que tava uma fera com este blog ação turilandia porque tem saído aqui as informações dele, e que ele não entende pq que alberto tem contrato com este blog se blog so traz comentário contra a administração de turilandia se fosse por ele marcus salgados ele deferia pelo cancelamento deste contrato, pois este blog todo mundo sabe que era oposição obg senhor marcos por falar a verdade, ele mandou retirar tudo do ar contra a prefeitura ele não aceitara mais este blog divulgar nada contra a prefeitura se isso continuar ele vai cancelar os próximos pagamento.
    parabéns pela coragem sec marcus
    abraço ana maria

    ResponderExcluir
  8. isso é muito ruim para a continuação da credibilidade do Ação Turilandia, sinto muito pois mais uma vez o dinheiro sujo fala mais alto, até o próprio blog estar também alienado ao executivo deste município assim como toda a câmara municipal, como diz o Boris Casóri "ISSO É UMA VERGONHA"

    ResponderExcluir
  9. É engraçado como vejo que existem fofoqueiros de plantão tentando jogar amigos contra amigos.C Quando vejo esse tipo de pessoa logo vejo que está tentando ocupar a vida do outro. A pior desgraça é a incapacidade somada com a inveja

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião.
Atenção: Comentários com palavras ofensivas ou críticas fora de propósito, ligados ou não ao tema,serão deletados. Ataques pessoais ou a marcas, difamações, racismo ou obscenidades não são permitidos.